top of page

DNBB Records – 10 anos de Underground!

A DNBB Records completa 10 anos de carreira (profissional) como label agora em 2022 e 15 anos como entusiasta dentro do mercado do Drum and Bass mundial.


A gravadora DNBB Records, hoje conhecida apenas como DNBB, é um grupo na verdade de sublabels que se ramificam em diversas áreas do cenário eletrônico, viajando entre os estilos desde o 4x4 (house clássico) ao Breakbeat. O grupo atualmente sediado em Santo André na grande São Paulo, comanda 8 sublabels além de gravadora “mãe”, são elas: Creative Records, Soul Light Records, Sunshine Recordings, DNBB Digital, DNBB Vinyl, Liquid Flow, 4Jungle e True Box Records.


Há mais de 10 anos a DNBB vem lançando artistas de vários lugares do mundo dentro do mercado de música digital desde 2007 quando era apenas uma “netlabel” termo utilizado na época para gravadoras amadoras de lançamentos gratuitos via internet, através da rede social Orkut e Myspace. Porém os primeiros registros da DNBB no mundo da musica veio apenas em 2008 com registos catalogados no Discogs (maior site de acervo de informações sobre música) no mundo.


A DNBB nasceu em um fórum de internet no Orkut com o mesmo nome (Drum and Bass Brasil), no qual tinham mais de 16000 membros, sendo assim o maior fórum brasileiro de Drum and Bass e o 3º maior do mundo, veja um print raro da comunidade DNBB – Drum and Bass Brasil.


Primeiro CD lançado pela DNBB Records.

Definitivamente nesta época o Brasil estava no mapa do Drum and Bass oriundos dos sucessos do Drum Bossa de Fernanda Porto, Dj Marky, XRS, Patife, Drumagick, Ramilson Maia entre outros, mas com o tempo o termo Drum and Bass e o estilo foi caindo no esquecimento do brasileiro, na verdade ninguém consegue determinar como isso aconteceu, existem teorias e claramente possibilidades tangíveis como o fato de as musicas se tornarem menos “calientes” mais “retas” e menos vocais, ou até mesmo o fato das musicas de Drum and Bass acabarem de ir para o lado mais “pesado” do estilo, deixando assim o publico feminino distante e acarretando em fechamento de clubs e festas do gênero. No entanto, a DNBB sempre se manteve arisca e ativa, influenciado o publico assíduo e resistente ao gênero, com lançamentos de artistas brasileiros e internacionais durante todos esses anos.

Desde 2012 no qual seu primeiro release oficial e com registro foi feito, a DNBB Records através das labels do grupo já lançou mais de 2000 tracks em todo o mundo, praticamente duas tracks por dia nesses 10 anos de existência.


Primeiro LOGO da label em 2007!

A DNBB conta com um time de DJs e Produtores de nível nacional e internacional que carregam a marca em seus nomes e perfis nas plataformas digitais, aproximadamente mais de 600 artistas em todo o globo passaram pela DNBB ou alguma de suas gravadoras afiliadas.


A DNBB iniciou tudo com 3 pessoas que já não estão mais no comando da gravadora, foram eles Deiver, atualmente em cargo político de vereador, “Zuba” atualmente designer e dono de agencia de publicidade e Robson, conhecido como Robsera que não conseguimos localizar na data desta matéria.


O primeiro release oficial da DNBB foi o DNBB006, um compilado chamado “Dreamscapes of Emotions Vol. 01” com três artistas internacionais; Fishy (atualmente lançando na Liquicity), Thesis e Grinda. Este foi o primeiro com registros devidamente feitos como números de ISRC e UPC. Os lançamentos antes deste em questão eram apenas “free download”, ou seja, gratuitos diretamente nas plataformas da gravadora e/ou nas mídias sociais da época. A primeira loja a aceitar nossa entrada foi a falida loja: Digital Tunes.net que já não existem mais!


"O primeiro Logo da DNBB era basicamente um vinil nas cores do brasil com os dizeres DNBB Recordings como este ao lado."

O Logo foi democraticamente votado na comunidade de Orkut da gravadora e durante algum tempo, este logo perdurou, de 2007 à 2014. Quando um logo mais simples e sem a bandeira do Brasil foi instituído.

LOGO atual da gravadora em 2022.

Em 2012, Aaron Mello (Dj e produtor musical conhecido como Mystific) assumiu a Diretoria da DNBB Records junto ao Deiver e trabalharam juntos até 2015, quando finalmente assumiu a gravadora para continuar o trabalho.