NFT no Spotify? Spotify inicia nova transformação na indústria da música e aposta em NFTs!

Por enquanto, Steve Aoki e The Wombats estão testando a funcionalidade com usuários selecionados nos EUA

Com a popularização do modelo de token não fungível (Non-fungible token / mais conhecido como NFT), muitas pessoas estão aproveitando para ampliarem as suas formas de arrecadação. Pensando nisso, o Spotify está testando uma nova opção para artistas selecionados promoverem os seus trabalhos no ecossistema, e o NFT está sendo cogitado. Inicialmente, The Wombats e Steve Aoki são dois na fase de testes — os primeiros na plataforma de streaming. Até então, poucas pessoas escolhidas, na versão de Android do aplicativo, nos Estados Unidos, podem visualizar a nova ferramenta na página dos profissionais.

Segundo um porta-voz do Spotify:

“A plataforma está realizando um teste no qual ajudará um pequeno grupo de artistas a promover suas ofertas de NFT de terceiros existentes por meio de seus perfis. Nós rotineiramente realizamos uma série de testes em um esforço para melhorar as experiências dos artistas e fãs. Alguns desses testes acabam abrindo caminho para uma experiência mais ampla e outros servem apenas como um aprendizado importante.”


Para quem não conhece o formato de tokens não fungíveis, apenas em 2021, foi movimentado aproximadamente US$ 23 bilhões. O método foi ficando cada vez mais popular, principalmente após várias celebridades começaram a adotar a tendência. Os itens justamente são tão valorizados porque são únicos.

Ser dono de um NFT é uma forma de demonstrar ser proprietário de um produto digital, ou mesmo algo do mundo real representado por um token. Alguns reconhecem as artes vendidas, como as famosas imagens de macacos que Neymar divulgava nas suas redes sociais, mas um NFT não está restrito apenas a esse segmento. Pode ser um vídeo, um domínio virtual, álbuns musicais, imagens e outros. No mundo dos videogames, alguns desenvolvedores estão criando skins (ou outros produtos virtuais) apenas nesse formato — e a ideia não foi recebida com positividade por alguns jogadores.


De toda forma, no caso do Spotify, os responsáveis estão testando a viabilidade e as possibilidades que o método oferece. Caso o experimento seja bem-sucedido, é possível que, no futuro próximo, o grande público tenha acesso à opção.


E vocês? O que acham dessa historia toda? Acreditam que os NFTs vão se adaptar para o mundo tão rápido do streaming?


Fontes: Forbes, Techtudo, Spotify, Mundo Conectado